Sem categoria

Velhice

                                                                                                                                                                                                         O que restará na nossa velhice? Entre agulhas de tricô, jornais e baralhos, Vejo imperando, maior que tudo, O silêncio! O futuro já feito, dispersado. O passado ressuscitado Me faz companhia, E o presente… Esta ausência do diálogo… É o conviver constante com o tempo Que ocupa todos […]

Diálogo atual

Família classe alta. Início da noite de sexta-feira. Hora do jantar. Mesa arrumada. Todos reunidos: pai, mãe, filho de 18 e filha de 15. O pai assenta-se à cabeceira da mesa e vê o filho com o visual diferente. No nariz, destaca-se o “piercing” prateado; na boca, o parafuso no lábio, e na orelha, seis […]

Metade por inteiro

                     A estação do ano era o outono. A da vida também. Aos 55 anos, ela vesperava o inverno.             Era uma sexta-feira 13, dia de Santo Antônio: o santo casamenteiro. De casamento, ela entendia, e muito bem. Duas vezes casada, os dois maridos parecem ter […]

O Direito de Esquecer

            Perpétuo Socorro, 87 anos de lucidez e esperança em dias melhores. Professora, na juventude, trazia um olhar sisudo e um semblante sério, talvez, também, pelo descaso salarial que já era tratada a profissão de mestra. Aposentou-se e, na maturidade, resolveu volver o olhar para o mundo, as pessoas. Então, sua face se iluminou e […]

EU, O MENINO E O CÃO

            Ele seguia pela calçada, segurando o cãozinho no colo. Segurando não era bem o termo, e, sim, abraçando. Um abraço de aconchego, de “não entrego”, de “ele é meu”. Porém, sua missão era entregar o cãozinho a alguém e partir de volta para casa. Na última das hipóteses, se não […]

Extrema Ação

           Carregava o fardo da solidão acompanhada. Esta viuvez de marido vivo, este desquite de cama de casal ainda ocupada e, por isso, não quite com o coração. Existe ainda a sombra do biombo que reinava no meio da cama. Biombo imaginário, mas instalado com os gestos reais da separação de corpos que não […]

Eterna companhia

             Madalena embala sua dor. Todas as manhãs, ela saúda o seu espelho e se veste para a vida. Despe a tristeza, contemplando os sulcos na face, causados pelos seus 90 anos. Ao seu lado, repousa Joana, fiel companheira de sua solidão. Joana não fala, não anda, apenas sorri. Sua expressão é a mesma desde […]