Profissão: Pai

Eis o grande comunicador que, com maestria, transmite o seu recado quer seja nos momentos decisivos, quer seja nas horas de descontração.

Eis o médico das nossas dores do físico e do espírito, cujo maior bálsamo é o amor que nos dedica.

Eis o jardineiro que, com muito esmero e carinho, colhe os frutos do amor plantados com ternura.

Eis o engenheiro eficaz que, por meio da razão aliada ao coração, ensina-nos a construir um mundo melhor.

Eis o advogado que, com sabedoria e grande senso de justiça, apoia-nos e corrige-nos sempre que necessário.

Eis o incansável viajor que percorre as estradas da vida, desbravando caminhos, encontrando sempre as saídas.

Eis o odontólogo que, quando necessário, extrai o mal pela raiz, a fim de suavizar a nossa dor futuramente.

Eis o alfaiate que, no exercício de paciência, dá bainha em todas as formas de rancor e prega os colchetes da união entre os irmãos.

Eis o diplomata que estreita as relações entre os filhos, por meio do diálogo sincero e construtivo.

Eis o psicólogo que, por sua experiência de vida, é capaz de diagnosticar e achar as soluções para as nossas buscas e angústias.

Eis o mestre que nos ensina a viver, a superar desafios, a resolver os problemas que a vida nos apresenta.

Eis, enfim, o melhor amigo de todas as horas. Companheiro que nos auxilia a crescer, está sempre ao nosso lado, e cuja amizade jamais se extinguirá!

 

4 thoughts on “Profissão: Pai

  1. Amiga Fátima:

    Este texto é uma inteligente e merecida homenagem.
    Rico de gratidão.
    Gratidão é o “obrigado” proferido pela sensibilidade do espiritualizado coração.
    Este texto será muito extenso em sua continuação, em conformidade com a descrição carinhosa de todos as profissões (afazeres) que existem mundo afora…

    Pai poeta, como seria?

    Este texto é um primor!

    Um imenso diamante com muitas faces a serem lapidadas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Website